Skip to content

Os segredos do Pai Nosso

Março 19, 2008

Olá a todos. Hoje quero partilhar convosco um livro extraordinário: “Os segredos do Pai-Nosso. A solidão de Deus”, de Augusto Cury. É o mais recente livro deste autor. É um excelente tratado sobre o Pai nosso, visto de uma perspectiva psicológica. Augusto Cury não professa nenhum credo, mas fala de Deus de uma forma belíssima, muito humana e simultaneamente divina. Vale a pena ler. Comprem e saboreiem. Aos pouquinhos vou colocando aqui alguns extractos. Em todos os tratados de teologia que estudei nunca encontrei nenhum que falasse assim de Deus.

O livro começa assim:
“O pior cárcere não é o que aprisiona o corpo, mas o que asfixia a mente e algema a emoção.
Sem liberdade, as mulheres sufocam o seu prazer.
Sem sabedoria, os homens tornam-se máquinas de trabalhar.
Este livro discorre sobre a busca da sabedoria e da liberdade.
Ser livre é não ser escravo das culpas do passado nem das preocupações do amanhã.
Ser livre é ter tempo para as coisas que se ama.
É abraçar, é entregar-se, sonhar, recomeçar tudo de novo.
É desenvolver a arte de pensar e de proteger a emoção.
Mas, acima de tudo, ser livre é ter um caso de amor com a própria existência e desvendar os seus mistérios”

About these ads
4 Comentários leave one →
  1. Março 27, 2008 09:19

    Augusto Cury tem uma visão muito particular sobre fé e educação. Gosto muito dos livros dele.
    Já li algumas partes deste livro e é fascinante o Deus que ele nos descreve. Um Deus “carente” do nosso amor.
    Um abraço, Celina

  2. iolanda neiva permalink
    Janeiro 1, 2009 20:10

    Sobre este livro que já o li, só posso aconselhar a toda a gente a ler.
    Realmente é preciso amar Deus para o entender, e dar-lhe amor.

    bjs

  3. francisco permalink
    Janeiro 14, 2010 14:44

    talvez o grande problema de cury é quando ele tentar pela otica da psicologia e filosofia,humanizar DEUS, veja bem; toda analise da teoria da inteligencia multi-focal ou intrapsiquica,parte do presuposto ontologio não do conceito divino o divino e transcedente não estatico o homem por consepsão sentimental ou emocial participa desta analise os sentimentos saõ variaveis em suas formação as virtudes não.Não é auto-ajuda e sim ajuda do alto

  4. Janeiro 16, 2010 11:40

    O primeiro a falar de Deus de uma forma acessível ao nosso entendimento foi o próprio Filho de Deus. Ele é a revelação perfeita de Deus. Foi Ele quem falou de um Deus que é Pai, que nos ama, nos perdoa, nos entende. Jesus diz a Filipe, que queria conhecer Deus: “Quem me vê vê o Pai”. Esta visão é humana. Não podemos, é certo, reduzir a realidade de Deus à nossa pobre realidade humana. Mas se fomos criados à imagem e semelhança de Deus, significa que temos algo de divino em nós e Deus terá algo de humano nele. Caso contrário estaríamos a negar a corporeidade de Jesus enquanto homem: perfeito homem e perfeito Deus. Uma natureza não anula a outra.
    Toda a forma de saber como as coisas funcionam, falar de ontologia, e eu também a estudei, bem como axiologia do pensamento, etc, é muito importante para desenvolver a estrutura do pensamento. Mas uma coisa é eu ter um corpo perfeito para amar, outra é ter a experiência de viver o amor. Uma coisa é eu falar de Deus teologicamente, de uma forma distante e fria. Outra é experimentar, na minha carne, no meu entendimento, nos meus sentimentos, a experiência do amor de Deus e da Sua presença.
    Concordo plenamente com o Francisco. Não podemos absolutizar nada do que é humano. Mas que a psicologia nos ajuda a aproximar de Deus e a entendê-lo isso sem dúvida. E Cury, não sendo um teólogo, nem um cristão praticante, fala de Deus melhor que muitos teólogos que eu conheço. Mas como tudo, temos de ler com espírito crítico. Só assim é que se aprende e cresce.
    Obrigado Francisco pela sua participação e reflexão.

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 653 outros seguidores

%d bloggers like this: