Skip to content

Os discipulos de Emaús

Abril 5, 2008

Dois discípulos dirigiam-se para a povoação de Emaús. Nada se diz sobre o que iam fazer ou que missão levavam! Fugiam de Jerusalém(?) a grande cidade onde agora estariam mais expostos e indefesos?
Encontram um companheiro na viagem, que se junta a eles na jornada.
Vendo a sua tristeza toma a iniciativa da conversa e quis saber o que os perturbava tanto.
Explicou-lhes com detalhe os passos que se referiam à vida e sofrimento de Jesus, mas levando-os a encarar todos aqueles acontecimentos pelo lado positivo.
FEZ A CATEQUESE DO MOMENTO.
Quando estes homens, já noitinha, chegam ao seu destino, convidam, o até aí desconhecido, para ficar com eles.
Entram em casa e uma vez à mesa, vivem a segunda etapa: a Eucaristia – momento de Fé em Cristo Ressuscitado. Reconhecem o Mestre. Acreditaram pelos dois gestos de Jesus: a palavra e a partilha do pão. A catequese e o alimento. A partir daí a Sua presença já não era necessária. Tinham a FÉ.

Aqueles homens até ali tristes, desiludidos e assustados tinham ressuscitado. Tinham uma vida nova!

É o testemunho! É a palavra de Deus em acção.
Cada um de nós pode fazer o mesmo e ser também um como estes de Emaús.
Também ficamos tristes e desiludidos quando as coisas não nos correm de feição e perdemos a Fé. Mas também como eles podemos ressuscitar, reflectindo nos ensinamentos que Cristo nos transmite ainda hoje através da liturgia e dos seus ministros (homens de serviço) e permitindo o encontro e a companhia com Jesus na Eucaristia e nos Sacramentos.

Seremos discípulos de Emaús na medida em que formos também capazes de partilhar a alegria do reencontro, semeando a esperança e a felicidade à nossa volta, dando disso testemunho aos outros.
Usemos este “PARTILHAR “ para isso mesmo.
ZéLuiz

About these ads
20 Comentários leave one →
  1. Abril 5, 2008 16:15

    Este evangelho é um compêndio de pedagogia. Catequistas e formadores em geral, são capazes de descortinar qual a pedagogia utilizada por Jesus?

  2. miná permalink
    Abril 7, 2008 22:39

    Talvez me atreva a dizer que é dos Evangelhos que mais me diz, mais me interroga, mais me faz acreditar como a Palavra de Jesus nos transforma!Digo mais é « lindo», é arrebatador..Dá-nos tanto para pensarmos!!
    Como é meu costume, dou muita atenção á ilustração.Não, esta está demais!!Talvez , uma vez mais me vá servir para a minha catequese! Como é enriquecedor este PARTILHAR.Bem-haja sr. p. Zé Carlos

  3. ZéLuiz permalink
    Abril 8, 2008 11:17

    Olá!
    Tal como estes do caminho de Emaús, tambem nós, como primeira reacção, abandonamos a cidade! É assim mesmo. Está em nós e reagimos assim tantas vezes sem nos darmos conta!
    Desaparecido (morto) o pastor, o rebanho entra em debandada…
    Porém estes homens que nos são apresentados a caminho de Emaús, depois de uma primeira reação espontânea, souberam dizer do que lhes ía na alma, falar do seu problema e escutar as palavras de quem se dispunha a ajudar. Souberam aceitar um companheiro na viagem.
    É esta a atitude a reter. Ser capaz de escutar o outro que nos quer ajudar e deixar que ele nos ajude. Ele ELE ou ele qualquer um.

    ” Caminha Senhor, a meu lado.
    Diz-me aquela palavra quente
    que alivia o meu fardo
    e faz o meu caminhar diferente.

    Caminha, Senhor, a meu lado.
    Perdoa as minhas hesitações,
    aquece o meu coração gelado
    limpa o sal das minhas desilusões. ” (J.Guerra)

    ZéLuiz

  4. ZéLuiz permalink
    Abril 9, 2008 11:30

    Olá, de novo!
    Este caminho para Emaús quer também significar o nosso caminho de cada dia ou o caminho de uma vida, onde podemos ou não encontrar um companheiro de viagem.
    Tantas vezes cruzamo-nos com as pessoas na vida e não reparamos nelas…
    Quantas vezes não teremos passado mesmo por Jesus???
    Vale a pena pensar um pouco nisto.
    Vale mesmo a pena…..
    Refletimos e que concluímos??
    Partilhemos o resultado da nossa reflexão.
    Esta é também uma forma de crescer.

    Eu volto com a minha própria reflexão.
    ZéLuiz

  5. permalink*
    Abril 9, 2008 15:09

    Uma coisa curiosa que noto neste episódio: Os discípulos não reconhecem o amigo de há 3 anos. Muito curioso. Porque será? Pela desilusão do amigo, que já reconhecem nele um amigo? Por Jesus ser diferente?
    No final, eles convidam o estranho para jantar com eles. Porquê?
    Acho que poderá ser por esse estranho os ter feito sentir bem. O arder o coração significa que as nuvens negras do pessimismo começaram a desaparecer e voltou a esperança. Isso fez-lhes bem. Mas tinham medo de não aguentar sozinhos. Por isso, o convite deles é mais do que cortesia. É interesseiro. Mas um interesseiro bom, porque eles estavam a ganhar com isso. Deixemo-nos encher de esperança pelos estranos que Deus coloca na nossa vida.

  6. ZéLuiz permalink
    Abril 10, 2008 18:08

    Olá!
    Cá estou de novo!
    Tenho a certeza que Jesus já se cruzou no caminho comigo e não reparei n’Ele.
    Refletindo agora reconheço que sim. Passou por mim um Jesus ressuscitado em qualquer um que se cruza comigo no caminho da vida.
    -Um que precisa de mim e me estende o olhar.
    -Um que me quer ajudar e me estende a mão.
    -Um que me quer fazer companhia e se aproxima de mim.
    -Um que precisa do meu apoio, da minha palavra, de partilhar qualquer coisa comigo e que eu ignoro e quantas vezes até afasto.
    É. É isso mesmo Ele tem passado e eu não tenho visto.
    Fica aqui e agora o meu compromisso de começar a observar, em vez de ver, de escutar em vez de ouvir. e talvez assim dê por Ele.
    A reflexão continua.
    ZéLuiz

  7. ZéLuiz permalink
    Abril 11, 2008 16:38

    Olá!
    Cá vamos na nossa caminhada da vida na demanda da felicidade.
    Já o fazemos de uma forma sistemática e rotinada. Quantas vezes caminhamos e nem notamos a distância percorrida. Outras vezes contudo, uma pequena distância parece-nos interminavel. Outras vezes ainda perdemo-nos no acessório do caminho e perdemos a razão da nossa caminhada.
    Onde é que eu vou?! Que vou eu fazer?!

    Se formos capazes de estar mais desapegados das distrações do caminho, se calhar vamos começar a reparar que afinal não caminhamos sós. Há mais pessoas que seguem connosco ou se cruzam connosco na jornada.
    Pessoas que connosco fazem parte de um povo crente e que deseja ser feliz.
    Tal como o caminho de Emaús tambem o nosso caminho da vida pode ter etapas: A escuta. A participação. A acção.
    Isso só dependerá de nós.
    Eles, os de Emaús, reconheceram-No ao partir do pão.
    E nós(?) seremos também capazes de O reconhecer ??
    Eu quero ser capaz.
    ZéLuiz

  8. ZéLuiz permalink
    Abril 11, 2008 18:06

    Olá amigos!
    Como se calhar não vou aparecer, nos próximos dias, a PARTILHAR convosco este espaço, aqui vos deixo uma derradeira “achega” ainda sobre o tema “A caminho de Emaús”, caminho esse que eu gostava que todos tivessem a oportunidade de percorrer.
    Para que fique alguma coisa depois de termos vivido e comentado este passo da manifestação de JESUS, deixo aqui uma pequena e ingénua oração para a lermos pelo menos uma vez.
    Vale a pena!

    “Faz-se tarde. E já é tarde.
    Fica a meu lado.
    E Jesus, meu amigo, ficou.
    Abertos os meus olhos e o meu coração,
    as trevas tornaram-se luz.
    Obrigado Senhor.
    Vós sois a minha salvação.”

    Já a gora rezem-na também.
    ZéLuiz

  9. Pr. Welton Souza permalink
    Junho 2, 2009 22:13

    Vivi a muito tempo com essa situação, andando de um lado para o outro como os discipulos de Emaus, vejo que esse relato, mostra claramente o que Deus quer fazer na nossa vida, ficamos maravilhados quando estamos na presença de Jesus, quando estamos servindo, mas basta uma turbulencia em nossa vida um desarranjo, seja ele por falta de recursos, por perda nos colocamos em marcha perdidos e desorientados, e então algo magnifico acontece, a misericordia de Deus em colocar no nosso caminho alguém para nos evangelizar, para nos fazer refletir e reaprender tudo o que ja sabiamos, e em um certo momento a mascara que vendava nossos olhos cai por terra e nos damos conta de quem somos filhos, conseguimos ver o amor de Deus que fez-se cumprir suas promessas, deu seu unico filho a morrer por nós, para nos livrar de todo o pecado do mundo, mostrando que a morte não é nada comparada a vida eterna que Ele quer nos dar de graça, sabendo apenas que devemos lhe ser obediente e prudente em nossas ações e atitudes, verdadeiramente maravilhado, quero pensar em ser um evangelizador muito mais experiente e vivido do que ser um entre muitos perdidos, no caminho desse mundo imundo, cheio de armadilhas, mas Deus é o nosso Pai e pela fé, vencemos e caminhamos certos de volta para os braços do Pai, que jamais fará acespção de pessoas. Que Deus nos abençoe e nos ilumine para todo sempre amém.

  10. Sabrina permalink
    Setembro 1, 2009 13:51

    Olá !
    Esta passagem é linda !
    Percebo nela uma porta aberta pra nós que temos tanta necessidade desse Jesus maravilhoso ao nosso lado. Pecebi estando dois discípulos somente um nome é citado, de Cleófas, somente um discípulo, o outro quem é ? O outro somos cada um de nós. Sou eu ou você. Podemos adentrar no evangelho nesse momento e ter a presença Dele, O reconhecer. Fomos um de nós também informados por Ele do seu retorno.
    E como Ele é simples, humilde e singelo … numa simples caminhada proclamar o retorno e ser somente divulgado por quem o sentiu e o reconheceu no final. Só no final ! Sem alarde, sem cerimônia.
    Tratemos bem a todos em nosso caminho, pois o simples, o que não quer ser muito notado, o que não quer nos pedir nada, seja o mais importante. Seja aquele que realmente quer estar em nossa presença somente pra partilhar e fazer com que saibamos oferecer este gesto também.

  11. REGIANE CARDOZO permalink
    Junho 17, 2010 14:21

    MUITAS VEZES NÃO NOS DAMOS CONTA DA PALAVRA QUE NOS FORA DEIXADA POR JESUS,ENTÃOCOMEÇAMOSA ARRAZOAR A DESPEITO DE TANTAS COISAS,NOS TORNANDO QUESTIONADORES,QUANDO A NOSSA PARTE É APENAS CRER NO QUE FORA DITO PELO SALVADOR ,QUE ELE SIBIRIA AO PAI PARA ACREDITARMOS E FICARMOS ARRAIGADOS NAQUILO QUE ELE DISSERA…MAS A NOSSA ATITUDE É DUVIDAR SEMPRE NOS TORNANDO CEGOS PARA AS BENÇÃOS E PROMESSAS DE DEUS PARA AS NOSSAS VIDAS. NÃO SERÁ NECESSÁRIO JESUS FAZER TUDO NOVAMENTE, POIS JÁ CREMOS NAQUILO QUE ELE NOS DEIXOU, JÁ NOS FOI SUFICIENTE PARA TOMARMOS POSSES DE TODAS AS COISAS BOAS QUE NOS FOI DADA.

  12. Maio 18, 2011 02:35

    nao achei o que eu queria
    pois nao estou gostando desse site

  13. Maio 18, 2011 02:38

    adorei esse site
    pois consegui pesquisar bastante coisa
    e minha professora de catissismo adorou
    muito obrigada

  14. Novembro 3, 2011 19:42

    É uma passagem belíssima esta da caminhada de Jesus com os discipulos de Emaús. Amigo que sente o peso da sua dor, da sua doença ou do seu pecado, ore e encontrará resposta e alívio no Senhor.
    Experimente rezar assim, refletindo bem:
    “O Senhor carregou sobre si as tuas dores e os teus pecados. Ressucitou e caminhou ao entardecer com os discipulos de Emaús, e estes sentiram a plenitude do amor, da saúde, da alegria e da paz. Caminha com o Senhor e os discipulos de Emaús, e, também, tu sentirás a plenitude do amor, da saúde, da alegria e da paz.
    O Senhor não quis partir logo para o Pai depois de ressuscitar, sem antes estar com aqueles por quem deu a sua vida, fazendo, desse modo, transbordar a taça do seu amor e operando o milagre da transformação humana. Naqueles discipulos e com aqueles discipulos também tu caminhavas com o Senhor. Crê e, assim, serás curado, deixa-te inundar do amor do Senhor, sente como os discipulos de Emaús, e terás saúde, alegria e paz. Desçam todas as bençãos do Senhor sobre ti, fica curado”. De seguida, reze, ainda, o Pai-Nosso, a Avé-Maria e a Glória (ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo). Diga três vezes esta oração em três dias seguidos, com muita fé, e saiba que o Senhor virá ao seu encontro e terá misericórdia de si, operando a sua cura do corpo e da alma.
    Confie no Senhor, e ele operará a transformação da sua vida.A Ele toda a honra e glória são devidas.

  15. veralice alves santos permalink
    Abril 14, 2012 15:24

    Amei essa ilustração… esse evangelho é sem dúvida aquilo q precisava sentir e vai me ajudar muito hoje na minha primeira pregação…
    Mto obrigada.. forte abraço…

  16. ADAIR permalink
    Abril 16, 2012 02:25

    Gostaria muito saber o nome do outro discípulo, pois necessito para o meu script.

  17. Abril 20, 2012 17:15

    Olá. A bíblia apenas refere o nome de Cleofas. Mas um segundo um colega meu, que estuda estes assuntos, refere que o nome do outro poderá ser Barlahem.

  18. ADAIR permalink
    Abril 21, 2012 00:45

    Agradeço pela colaboração, só que necessito saber com certeza e convicção o nome do outro discípulo para colocar no scrip e ter certeza que, não estou cometendo nenhuma bobagem. Quem souber e puder me ajudar ficarei eternamente grato. Que o bondoso DEUS possa nos iluminar e chegarmos a uma conclusão final.

  19. Abril 22, 2012 02:05

    dou graças a Deus,por encontrar aqui na “net” pessoas que tiram seu tempo para falar do ressucitado…isto é fé..isto é partilha que nos fortalece e materializa a presença de JESUS em nós…santificando nossos corações e nossas vidas..AMÉM!!!

  20. Abril 22, 2012 18:10

    Certeza ninguém deve ter, pois o próprio evangelho não refere o nome. Talvez possa simbolizar cada um de nós. Mas o centro da questão não será o nome dos discípulos, mas a descoberta gradual que eles fazem da presença do Nazareno e como o reconhecem ao partir do pão. É descoberta de um Jesus que não é evidente, mas é evidente que é ele mesmo, aquele que se tornou presente nas suas histórias de vida, e que permanece com eles a caminho.

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 653 outros seguidores

%d bloggers like this: