Skip to content

Catequese e tecnologias

Janeiro 31, 2008

Vi na revista catequistas, de Janeiro de 2008, ed. salesianos, esta pergunta de uma catequista:

“É possivel concorrer com as novas tecnologias? Os miúdos usam tudo o que é tecnologia. Na catequese estamos limitados  a uns cds, uma ou outra apresentação Powerpoint, e pouco mais. Não é uma luta desigual? Porque é que não se investe em ‘imagem’, em ‘vídeos’ de qualidade, em ‘jogos de computador’, coisas para telemóveis, sei lá, para tornar a catequese mais actual?”

A resposta da revista é a seguinte (em síntese): Muito do que se refere a “Igreja” tem cheiro a mofo e a sacristia. A catequese tem grandes concorrestes (a televisão, a playstation, os telemóveis, os mp3…)  e uma necessidade cada vez mais urgente de novas propostas: menos discursos sisudos, parcos de experiências significativas, e mais propostas do nosso tempo e para o nosso tempo. Mais dinâmica e mais vida com os tempos. Ao responder  à tua questão, quero ser uma provocação: se a necessidade é assim tão sentida, porque é que não aparecem coisas ‘bem feitas’ e catequeticamente ricas? Nunca foi tão fácil fazer um vídeo, gravar uma canção, fazer um powerpoint… mas no entanto, não vemos nada! Em encontros com catequistas vejo que a malta anda à procura da novidade. Do novo que não existe. Das críticas que tenho ouvido aos novos catecismos é que não trouxeram nada de novo: é palavra e mais palavra. Pouco ‘estar com os tempos novos e as suas linguagens’. E se perdemos o âmbito das novas linguagens na catequese, perdemos a possibilidade de comunicar o evangelho de Jesus às crianças, aos jovens, às mulheres e homens do nosso tempo. Mas reconhecer isto não me parece suficiente. Sabemos analisar a realidade mas sem darmos respostas concretas e coerentes.

Temos de nos deixar de lamúrias e dar um passo em frente. Com coragem e coerência. (…)

Temos de aprender a partilhar mais e melhor o bom que vamos fazendo. Criar plataformas de encontro e partilha autêntica. Criar uma mentalidade nova. Que arrisca. Que dá cartas. Com qualidade e com gosto”.

Assino por baixo a resposta do Sérgio Morais. Eu sou um defensor daquilo que ele fala. Este espaço é uma tentativa de concretizar o que defendemos. Mas que os salesianos me permitam este desabafo: em 1º lugar dou-lhes os parabéns porque são quase a única instituição que faz algo. O secretariado da catequese precisa melhorar muito os conteúdos. Em 2º lugar, porque é que os preços que pedem pelos seus trabalhos são tão proibitivos? Quando se fala em partilha, concretizemos isso com outros preços mais acessíveis ou de graça. Estou em pensar num cd “viver no amor” que tem um custa demasiado alto. Peguei no texto, refiz toda a montagem e gravação e está no youtube e neste blogue…. de graça. Não quero elogios. Apenas desejo que a partilha que todos apregoamos seja uma realidade. E que não fiquemos apenas à espera daquilo que os outros fazem. Vamos à luta. Façamos a nossa parte. Outros fazem melhor, podemos pensar. Está bem. Mas quando começaram também foram dando pequenos passos, mas sem medo. Souberam arriscar. Não desistamos. E não tenhamos medo das críticas.

Quem já produziu conteúdos, ou descobriu alguns, partilhem. Mandem para o meu mail e eu os colocarei neste blogue, no espaço partilha, que se encontra na coluna da direita

6 comentários leave one →
  1. Adelino permalink
    Janeiro 31, 2008 23:31

    eu cmo catequista do 7ºano no grupo ja temos trabalhado com as novas tecnologias e eles estão a comesar a gostar ja temos uma apreseta-são e vreve vamos colucar outras.

  2. Fevereiro 3, 2008 08:59

    Oi! Também li esse artigo. Eu tenho algumas recolhas feitas no meu blog mas não sei como enviar. Ainda não percebo muito disto. Só “cá” ando à 3 meses.
    Se quiserem visitar http.//celinarmachado.spaces.live.com/ talvez encontrem alguma coisa útil.
    Por agora, parabenizo pela iniciativa deste blog pois ainda não há muita partilha entre catequistas. Quantos mais espaços como este houver mais rica se tornará a nossa catequese e melhor serviremos os planos de JC.
    Beijos, Celina

  3. José Sá permalink*
    Fevereiro 3, 2008 13:16

    Olá Celina. Bem-vinda ao mundo da web 2.0.
    Já que está a começar a dar os primeiros passos neste mundo, aconselho a visitar o blogue conviveronline, também gerido por mim, e que tem alguns documentos para ensinar a utilizar estas ferramentas. Não sei se as conhece, mas também não faz mal verificar. O endereço é este:
    http://conviveronline.wordpress.com/2007/10/22/formacao/
    Continue a partilhar. Todos os contributos são bem-vindos. Se pretender enviar algum material para colocar neste blogue, pode fazê-lo via mail. Para mais partilhas estamos sempre disponíveis, também em directo, através da ferramenta no blogue de comunicação síncrona “Conversa”.

  4. Fevereiro 3, 2008 22:52

    Obrigada por seu apoio e por pôr meu blog na lista ao lado. Sinto-me honrada!
    Beijos, Celina

  5. Fevereiro 5, 2008 00:09

    Olá outra vez. Para onde envio o email?
    Gostaria partilhar um jogo de dominó que criei para ajudar a memorizar para os primeiros anos de catequese.
    O link é http://www.box.net/shared/zz7zq5s00g

  6. Fevereiro 5, 2008 01:24

    Obrigado Celina. Ja coloquei uma entrada como seu link e vou colocar o documento também na pasta partilha.
    Esta forma de enviar serve muito bem. Mas aqui fica o meu mail: jose-carlos@net.novis.pt

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: