Skip to content

Humanismo

Fevereiro 11, 2008

HumanismoEste é o tema desta primeira semana da quaresma. Fazemos renúncias, abstinências, jejum,…. em que é que isso nos torna melhores?

Devemos ser especialistas em humanismo, à semelhança de Cristo. Por ventura não precisaremos de mudar grandes coisas. Devemos estar mais atentos é às pequenas coisas. Não é a grande pedra que está no meio do caminho que nos impede de caminhar, mas a pequenina que se aloja nos pés, e que nos magoa e impede de caminharmos, encaminhando para si toda a nossa atenção.

Devemos estar atentos esta semana à forma como lidamos com os outros. A começar dentro da nossa própria casa.

Exemplo: Quantas vezes, porque estamos cansados e mal dispostos, dizemos para o cônjuge ou aos filhos: “Não me chateies… não estou para te aturar”. Magoamos, mesmo que sem intenção. Gastamos as mesmas palavras, não magoamos e não matamos um futuro diálogo, se dissermos: “Estou muito cansado. Podemos falar depois?”

Mas por vezes não acertamos. Humanismo não é acertar sempre. Mas sim aprender com os erros, assumi-los e procurar corrigi-los. Exemplo: “Desculpa…. há pouco fui indelicado. Que querias fizer-me?”.

Procuremos então crescer em humanismo, para que em “Cristo ressuscitado, haja vida nova para todos”.

(NB: A imagem da caminhada quaresmal, está na caixa “Partilha/Catequese/Quaresma 2008)

Advertisements
No comments yet

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: