Skip to content

Hoje não terei medo de nada

Fevereiro 13, 2008

RosaHOJE tratarei de viver, exclusivamente, este meu dia, sem querer resolver os problemas da minha vida de uma só vez.

HOJE terei o máximo cuidado com o meu modo de tratar os outros. Delicado nas minhas maneiras, não criticarei ninguém , não pretenderei mlhorar ou disciplinar ninguém, senão a mim mesmo.

HOJE sentir-me-ei feliz com a certeza deter sido criado para ser feliz, não só no outro mundo, mas também neste.

HOJE adaptar-me-ei às circunstâncias, sem pretender que as circunstâncias se adaptem a todos os meus desejos.

HOJE dedicarei 10 minutos do meu tempo a uma boa leitura, lembrando-me de que, assim como é preciso comer para sustentar o corpo, assim também a leitura é necessária para alimentar a vida da minha alma.

HOJE praticarei uma voa acção sem contá-la a ninguém.

HOJE farei uma coisa de que gosto, e, se for ofendido nos meus sentimentos, procurarei que ninguém o saiba.

HOJE farei um programa bem completo do meu dia. Talvez não o execute perfeitamente mas, em todo o caso, vou fazê-lo. E guardar-me-ei bem de duas calamidades: a pressa e a indecisão.

HOJE não terei medo de nada, em particular, não terei medo de gozar do que é belo e não terei medo de crer na bondade.

2 comentários leave one →
  1. miná permalink
    Fevereiro 15, 2008 14:31

    NÃO SOMENTE HOJE DESEJARIA QUE FOSSE ASSIM, MAS TODOS OS DIAS!
    MAS , EXISTE SEMPRE UM MAS…;É QUE EU NÃO TENHO FORÇA INTERIOR SUFICIENTE PARA ASSIM PROCEDER…MAS, AINDA OUTRO MAS, MESMO ASSIM OBRIGADA POR ESTA REFLEXÃO! TALVEZ « HOJE» , CONSIGA REALIZAR ALGUMA COISA BOA E BELA!

  2. Fevereiro 15, 2008 16:31

    Nós somos muito mais capazes do que aquilo que imaginamos. Temos é de começar a acreditar mais em nós mesmos e naquilo que fazemos. Não nos podemos estar a comparar com os outros. Isso é um erro, porque não existe comparação possivel. As experiências, conhecimentos, sentimentos, sensibilidades, formação, personalidade, a forma de ver as coisas, é diferente de pessoa para pessoa.
    Não devemos ser demasiado críticos connosco mesmos e deveremos ser críticos em relação à crítica que os outros nos fazem.
    Se eu imaginar que sou capaz, serei mesmo capaz e até fiaremos surpreendidos connosco.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: