Skip to content

Arriscar

Fevereiro 14, 2008

Arriscar

“Rir… é arriscar a parecer idiota.

Chorar… é arriscar a parecer sentimental.

Dirigir-se a alguém… é arriscar envolver-se.

Expor os seus sentimentos…. é arriscar a expor o seu eu mais profundo.

Expor as suas ideias, os seus sonhos… é arriscar a perdê-los.

Amar… é arriscar a não ser amado em troca.

Viver… é arriscar a morrer.

Esperar… é arriscar a desesperar.

Experimentar… é arriscar-se a falhar.

É necessário, porém, correr riscos.

Porque o maior perigo da vida é nunca arriscar.

Aquele que não arrisca… não faz nada, não tem nada, não é nada.

Pode evitar o sofrimento e a tristeza,

mas não aprende nada, não sente nada,

não muda nada, nem se desenvolve,

não pode nem amar nem viver.

Prisioneiro das suas certezas,

torna-se escravo, abandona a sua liberdade.

Só os que arriscam, são livres!!”

No comments yet

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: