Skip to content

Samaritana

Fevereiro 24, 2008

poçoNa missa da catequese da Lama fizemos a encenação da samaritana, em volta do poço.

Na acção de graças, as crianças da catequese vieram a “Jesus” com várias sedes, marcadas em copos, e foi-lhes dada “água viva”.

“Jesus ofereceu água viva à samaritana. E oferece ainda hoje uma água viva para saciar as nossas sedes.
A sede de água, essa saciamo-la com a água fresca das fontes.
Mas há outras sedes maiores, que as pessoas devem sentir:
– felicidade, paz, verdade, amor, vida Deus….
(as crianças mostram o cartaz e bebem do copo)

SamaritanaA samaritana, depois de encontrar o “salvador do mundo”, que traz a água que mata todas estas sedes, não se fechou em casa a gozar a sua descoberta; mas partiu para a cidade, a propor aos seus concidadãos a verdade que tinha encontrado. Nós seremos, como ela, uma testemunha viva, coerente, entusiasmada dessa vida nova que encontramos em Jesus?

Nesta semana, procuremos aprofundar esta relação que somos convidados a viver com Deus e com os nossos irmãos.
E agradeçamos ao Senhor por aqueles que O seguem e não têm medo de espalhar a Sua Palavra e Evangelizar em Seu Nome.”

Advertisements
3 comentários leave one →
  1. ZéLuiz permalink
    Fevereiro 25, 2008 17:46

    Olá!
    Esta semana é marcada pelo episódio do Evangelho “a samaritana”
    A celebração da Eucaristia Dominical, com a nossa participação tem que deixar qualquer coisa em nós para a semana.
    É mesmo assim.
    Domingo, primeiro dia da semana, deve dar-nos o mote para a nossa acção ao longo da semana.
    Hoje permito-me o atrevimento de aqui deixar uma sugestão para aproveitarmos alguma coisa deste episódio ” a samaritana de Sicar” cena, quase vulgar do dia a dia de uma comunidade:

    Senhor e meu amigo
    Tal como o povo de Israel no deserto,
    eu tenho sede.
    Como a mulher samaritana,
    também Te peço “dessa àgua”…
    Tenho sede da vida,
    tenho sede de alegria,
    tenho sede de felicidade e paz,
    tenho sede até de não ter sede.
    Procuro então, em vão, dessedentar-me
    tantas vezes em cisternas vazias…

    Dá-me da Tua àgua
    Dá-me da Tua àgua viva,
    que mata a sede para sempre.
    Ensina-me o caminho para a fonte
    onde brota a àgua que liberta,
    que dá paz e pão,
    que dá dignidade e verdade,
    que dá amor e esperança,
    que dá justiça e fraternidade.

    Amigo, Tu que és fonte de àgua viva,
    faz brotar em mim
    sentimentos vivos de partilha,
    que me façam levar aos outros também,
    o Dom da Tua àgua.
    Amém

  2. Fevereiro 25, 2008 18:18

    Obrigado Zé Luís por esta partilha.

  3. ZéLuiz permalink
    Fevereiro 28, 2008 17:29

    Olá!
    O tema que nos é proposto na liturgia, para esta semana é o da “SAMARITANA de Sicar”.
    É um episódio recheado de catequese e sobre o qual ainda não li qualquer partilha dos participantes deste espaço.
    Estou certo que tal acontece dada a riqueza de outros temas que aqui se apresentam e até da sua abundância e variedade.
    Não pode de maneira nenhuma ser por andarmos distraídos.
    Ainda temos mais dois dias, esta semana, antes de vivermos a Eucaristia do próximo Domingo e portanto ainda com tempo de fazermos uma reflexão sobre este episódio.
    Vamos tentar encontrar nele alguma coisa que nos fique e nos comprometa na vida.
    Estes episódios que nos são apresentados na liturgia, sabemos bem disso, não o são para fazer história ou para aligeirar a celebração dominical. Nada disso. Tem uma preocupação catequética, são matéria de reflexão e fonte de ensinamentos e nós não somos assim tão predulários que não os aproveitemos .
    Vamos lá num último esforço ler de novo a passagem do Evangelho que nos fala da Samaritana e OUÇAMOS bem as palavras do diálogo entre Jesus e aquela mulher.
    Eu fiz já esse exercício.
    Estou certo que não apanhei grande parte da mensagem, mas alguma coisa aqui ficou e isso que ficou leva-me a partilhar uma vez mais convosco esta pequena “oração”:

    Amigo Tu que és fonte de àgua viva
    faz brotar em mim
    sentimentos vivos de partilha
    que me façam levar aos outros também
    o Dom da Tua àgua.
    Amém !
    Boa partilha,
    ZéLuiz

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: