Skip to content

Incentivar

Abril 23, 2008

Como uma palavra de incentivo pode fazer toda a diferença.
Somos muito rápidos a utilizar a palavra não. É quase instintivo.
Aprendamos a utilizar mais o sim, e apenas o não quando for mesmo não.
Sim à vida, sim ao perdão, sim ao amor, sim à amizade, “sim… tu és capaz”, “sim… confio em ti”, “sim… obrigado”, “sim… está bom”. Já repararam que condenamos mais do que elogiamos? A nossa correcção será melhor aceite, se antes tivermos sabido elogiar.
O sucesso de muitas pessoas pode depender disso.

Anúncios
3 comentários leave one →
  1. Carla (Catequista 2º Ano) permalink
    Abril 24, 2008 07:51

    Olá…O incentivo é de facto algo que tem de ser trabalhado por todos nós…..Há tempos fiz uma formação sobre “Gestão de Conflitos”, e um exercicio simples que fizemos, mas de uma clareza espectacular foi o do uso do MAS…É que mesmo sem querer, quando até queremos dizer bem de algo, temos sempre a tendência de dizer MAS..e de facto no cérebro de quem ouve, aquilo que até ali estava a saber tão bem, cai completamente por terra, um simples mas, leva-nos logo para o negativo…
    Fizemos diversos exercícios para comentarmos algo/alguém sem o MAS…e é difícil, mas quando conseguido, é espectacular para quem escuta…e para quem consegue falar sempre naquele registo acredito que também o é..A dica da psicologia para estas situações é colocar o e em vez do mas..Por exemplo: em vez de dizermos gostei do ponto 1, 2, 3, MAS…o 4 não estava bom….DEVEMOS dizer: gostei do ponto 1, 2, 3, E podes melhorar o D. Terminando sempre por relembrar o que gostamos, para o discurso terminar na positiva e não naquilo que estava menos bem…
    Quando conseguimos fazer isto muito bom. Confesso, que não é fácil. Era tão bom que na vida das nossas paróquias, nos trabalhos que fazemos com tanto amor e empenho, ouvissemos mais criticas construtivas, e menos MAS.

  2. permalink*
    Abril 24, 2008 08:43

    Bem dito. Obrigado pelo testemunho.

  3. Abril 24, 2008 08:49

    Muito obrigado Carla pela ideia, é curiosa e muito real. É algo que nem nos damos mesmo conta…
    Bom exercício para fazer na proxima Catequese.
    Bem haja!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: