Skip to content

Taxas eclesiásticas

Junho 12, 2008

A Província Eclesiástica de Braga, constituída por várias dioceses, decidiu alterar o valor das taxas e estipêndios dos serviços eclesiais. Podem ler em http://diocese-braga.pt. Resumidamente, pretendem aumentar o valor das intenções das missas para 10 € e os processos de casamento para 25 €, fora as despesas, processo normal. Todas as taxas e emolumentos foram altamente aumentados. Argumento dos senhores bispos: “Por isso, um esforço de consciencialização de todo o Povo de Deus, para uma realidade da qual não nos podemos dispensar, leva-nos a que se entenda o que adiante se estabelece como uma oportunidade de partilhar, com a alegria do coração, a nossa ajuda e contributo material para a realização da missão da Igreja.”

Se são taxas, senhores bispos, não lhe chamem ofertas nem partilha. Não mascaremos as coisas. Pessoalmente não concordo com estes valores. Se nos valores para a cúria, tal como os processos de casamentos, temos de os cumprir, quanto aos outros, permito-me não fazer tal aumento, sobretudo em relação ao estipêndio das missas.

As paróquias debatem-se com muitas dificuldades para a sua manutenção pastoral e material. A diocese não comparticipa em nada para as despesas das paróquias, e ainda quer cobrar a sua percentagem. A partilha devia ter dois sentidos, não acham?

Advertisements
No comments yet

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: