Skip to content

Sala multimédia

Novembro 4, 2008

salaSempre sonhei com uma catequese mais activa e na necessidade de operacionalizar alguma mudança. Mas como? Com a frequência do Mestrado em Multimédia em Educação, e mais em especial com o projecto de dissertação com o tema “A Web 2.0 na educação para os valores: problema ou desafio?”, desenvolvi algumas competências no ambito das teorias da educação e da utilização da Web 2.0 como recursos e estratégia ao serviço da educação, também ela religiosa. Desta forma, o anseio começou a ganhar contornos de realidade.

Temos vindo a falar da integração das tecnologias da informação e comunicação na catequese e na mudança que é preciso operacionalizar. Mas não podemos ficar apenas pelas ideias. É preciso criar condições e formar agentes para este tipo de pastoral. Finalmente concretizamos um desejo. Com as obras na residência paroquial, ficou disponível uma sala, o antigo escritório do pároco. Colocamos nela um computador,com acesso à internet,  e outros recursos, criado assim uma sala multimédia de apoio à catequese paroquial. Essa sala poderá ser utilizada durante os encontros de catequese, como fora deles.  Estando livre, estará também disponível para quem dela necessite.

Deus queira que ela nos ajude a proporcionar uma mudança efectiva nas metodologias catequéticas, de forma a tornar a catequese mais atractiva, dinâmica, interactiva e verdadeiramente significativa.

Quanto à formação, ela já começou, embora nem todos os catequistas tenham aderido. Mas, a pouco e pouco, chegamos lá. Vamos formando na utilização dos diversos serviços que a Web 2.0 nos disponibiliza (blogues, ferramentas de agregação, wiki e serviços de partilha de recursos), e na formação para a produção de recursos multimédia:  o Audacity, para áudio; o Moviemaker, para a produção de filmes; e o Powerpoint.

Advertisements
3 comentários leave one →
  1. Novembro 5, 2008 10:05

    Parabéns mais uma vez pelo trabalho…pena não ter também já na lama, mas grão a grão enche a galinha o papo. Não há desulpa para não dinamizar as catequeses, de facto, meios há: é só usá-los.
    Parabéns novamente e bom trabalho,
    Relativamente à formação, é quando?? Pode ser assistida por outros que não catequistas??
    Ob

  2. José Sá permalink*
    Novembro 5, 2008 15:43

    A formação surge sempre que haja necessidade. Grande parte da formação já teve lugar. Mas mais poderão haver. Não interessa grandes grupos, para que o trabalho seja mais fácil de orientar. É importante que as pessoas também demonstrem esse interesse. Aguardemos.

  3. miná ( Famalicão) permalink
    Novembro 5, 2008 23:46

    Que «pena» não ter na minha paróquia essa sala de recursos tão valiosos para fazer catequese, no tempo em que as novas tecnologias fazem parte do mundo dos nossos catequizandos.Doutra forma a catequese pode tornar-se para eles «uma seca»…
    Parabéns P. Zé Carlos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: