Skip to content

Poema para a vida

Abril 15, 2009
tags: , ,

Minha doce donzela!
Enfrenta a tempestade nocturna, como os pássaros.
Ao amanhecer, mesmo com os ninhos derrubados,
eles cantam sem palco e plateia!
Para eles, a vida é uma grande festa!

Minha querida princesa!
Não tenhas medo da vida,
tem medo de não viver;
Não tenhas medo de cair,
tem medo de não caminhar.
(A. Cury, in a Saga de um pensador)

2 comentários leave one →
  1. Fátima Fontes permalink
    Abril 16, 2009 11:17

    Uma pequena fenda, uma centelha…
    Um pouco de luz… Sim, é suficiente.
    Seus olhos se abrem e agora já pode ver: o caminho está à sua frente.
    Não tema, permita que o seu coração lhe possa guiar.
    Não desperdice suas energias em coisas que esvaziam seu ser, que possam roubar a luz do seu olhar.
    Abandone o que lhe faz sofrer, o que não lhe deixa ver quem você realmente é.
    Deixe que seu ser seja acolhido pelas mãos calorosas do amor e sinta que ai está a sua alegria, o seu preenchimento, a sua confiança.
    Todo pensamento sem amor tem que ser desfeito para que possa contemplar a sua verdadeira realidade, uma realidade onde a luz é presente, mostrando que o amor é maior que tudo e que só através dele pode realizar o seu crescimento, a sua plenitude.
    Para ser feliz, tem que ser de coração.

    Fonte: Autor desconhecido

  2. Luís Carlos permalink
    Abril 18, 2009 00:18

    Estou contigo princesa 😉

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: