Skip to content

Passo em falso

Dezembro 27, 2009

Propomos não voltar a cair em algo que consideramos errado, sentimo-nos culpados, deixamos que isso destrua a fé em nós mesmo, mergulhando no abismo da desilusão e da desistência. Muitos fantasmas nos provocam, a solidão atormenta. Reduzimos a vida a um acto, que serve de medida de avaliação de todos os outros.
Podemos dizer: “Senhor, caí de novo”. Mas Ele nos responde: “O que afoga não é o mergulho, mas o facto de permaneceres debaixo de água”.
Precisamos de usar o resto das nossas forças, a nossa inteligência emocional, para sairmos da situação em que nos encontramos. Muitas vezes, não é a situação que é grave, mas a forma como olhamos para ela e deixamos que ela nos afecte.

Advertisements
One Comment leave one →
  1. Março 10, 2011 22:44

    Isso é uma grande verdade. Às vezes na minha vida quando acontece algum percalço,eu penso e penso e volto a pensar,e dias mais tarde venho a verificar que afinal o assunto não merecia tanta importância.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: