Skip to content

13 de Março

Março 13, 2010

Lucas 18, 9-14: Ó Deus, tem piedade de mim que sou pecador.

A mudança começa coma verdade. E mesmo que te sintas longe de Deus, indigno de estar perto d’Ele, podes sempre falar com Ele. Podes sempre reconhecer a tua situação. Sem máscaras, sem atenuantes. Com verdade. De coração aberto. E o coração de Deus se abrirá para ti.

Senhor, ajuda-me sempre a levantar para Ti as minhas mãos. Não aguento mais viver longe de ti. Longe da tua luz e da tua verdade. Ainda há espaço para mim no teu coração?

3 comentários leave one →
  1. Março 13, 2010 00:10

    “Eu sou a Verdade”. “Só a verdade liberta”. São palavras de Jesus, muito sábias. Elas não encerram apenas uma questão moralista, mas uma grande sabedoria de vida. Só quem vive com consciência, das suas capacidades e limites, os encara sem preconceitos e sem culpas, é capaz de superar, de crescer, de amadurecer. Jesus quis a verdade, não por curiosidade, não para culpar, mas para nos conhecermos realmente, nos libertarmos, aprendermos, e caminharmos. Só quem encara de frente os seus medos, encontra a força e a sabedoria para os vencer. Não precisamos contar as nossas verdades a todos. Precisamos é de as ouvirmos nós mesmos, fazermos as pazes entre a mente e o coração. Fugirmos de nós mesmos, só traz tristeza, rouba a tranquilidade, alimenta o pessimismo. Se não nos escutarmos, as coisas não desaparecem. E vão constituir janelas fóbicas, compulsivas, que nos irão controlar e dominar, e que serão abertas sem o nosso controlo, podendo causar stress, angústia, irritabilidade.
    A verdade irá ajudar-me a ver as coisas de diferentes perspectivas. Isso ajudar-me-á a libertar-me.
    Senhor, ensina-me a ser verdadeiro comigo mesmo. A valorizar as minhas capacidades. A reconhecer os meus limites. Coragem para mudar o que pode ser mudado. Serenidade para aceitar o que não pode ser mudado. Ajuda-nos a libertar-nos de dentro para fora.

  2. miná ( Famalicão) permalink
    Março 13, 2010 00:31

    Subscrevo na íntegra a sua oração, como sendo o retrato daquilo que sou, penso e sinto.

  3. Fátima Fontes permalink
    Março 13, 2010 02:54

    Hoje, Senhor, preciso de ouvir a Tua voz. Porque são outros os medos, diferentes as trevas e só em Ti quero pôr a minha esperança. Em silêncio consigo ouvir-te, tomar consciência daquilo que verdadeiramente nos faz viver. Tem que ser feito com coração, a alma ressentida endurece o coração. Deus diz nos: “Amai-vos” Se fossemos mesmo capazes de amar, de encher a vida de gestos de serviço, de perdão, de justiça e de beleza, o que é que nos aconteceria? Talvez hoje, ao entardecer, sentíssemos que a luz que acendemos neste dia não termina e isso fosse todo o sabor da paz.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: