Skip to content

15 de Março

Março 15, 2010

João 4, 43-54: Vai, o teu filho vive…

Fé admirável deste homem e deste pai! Sem grandes palavras, ele sente quem é Jesus. Ele sabe que Jesus está do lado da vida. Sabe que Jesus quer a vida e a felicidade de todos e também do filho que ele ama. E sabe que Jesus não é um mágico que controla uma qualquer tecnologia desconhecida. Jesus actua com o poder de Deus. E na sua fé sincera, este homem sabe que Jesus, em nome Deus, pode trazer a cura em qualquer lugar.

Ajuda-me, Senhor, a encontrar de novo a força da fé. A viver cada um dos meus dias à luz da tua Palavra. A descobrir em cada acontecimento os sinais da tua bondade. A avançar mais para a vida verdadeira que só Tu ofereces.

Anúncios
4 comentários leave one →
  1. Março 15, 2010 01:14

    Ouvimos tantas vezes esta frase: “Este mundo não vale nada. Viemos a ele para sofrer. O que importa é o outro”. Mentira. Não viemos a este mundo para sofrer, e Deus não quer que soframos. Mas vivendo neste mundo, sujeito às contingências naturais, sofremos. E Cristo ensina-nos a sofrer com sentido, sem traumas. Foi Ele quem disse: “Vós valeis muito para Deus”. Deus é amor. Como podemos sequer imaginar que Ele castiga ou quer que soframos? Que Deus é esse? O meu Deus, o Deus de Jesus Cristo, quer que sejamos felizes. Mas na procura dessa felicidade, precisamos respeitar os outros. E a felicidade não está longe, mas está bem escondida. Está dentro de cada um de nós. Não a procuremos apenas fora. Entremos dentro de nós, e aí encontraremos a felicidade. O exterior apenas completa.

    Senhor, ensina-me a descobrir a felicidade dentro de mim. Senhor, ensina-me a saber anunciar esta boa nova de que és amor, que te preocupas connosco. Que as pessoas queiram conhecer-te, para que sejam tocadas pelo teu olhar de amor, e acolhidas no teu regaço de Pai/mãe. Obrigado por existires. Obrigado por me teres dado a oportunidade de te conhecer melhor.

  2. Fátima Fontes permalink
    Março 15, 2010 02:30

    Cada um de nós pode encontrar dentro si perguntas e respostas. Cada um pode sentir as dificuldades que sente na fé. Mas, ao mesmo tempo, pode experimentar também uma grande maturidade de consciência e de proximidade com Deus. Cristo ressuscitado entra na nossa vida, permitindo a cada um experimentar a sua presença e confessar: ….. Aquele encontro torna-se o início duma nova relação do homem com Cristo; uma relação em que o homem reconhece existencialmente que Cristo é Senhor. Perto de ti está a Palavra, na tua boca e no teu coração, porque, se confessares com a tua boca que Jesus é o Senhor, e creres no teu coração que Deus é AMOR, encontrarás o caminho da salvação, da felicidade, do crescimento.

  3. Luís Carlos permalink
    Março 15, 2010 19:21

    Antes de mais penso que necessitamos de uma transformação pessoal para acreditar o Deus que poderemos vir a aceitar (o Deus do amor). Penso que muitas vezes procuramos Deus como procuramos a felicidade, ou seja nos objectos, quer sejam carros, casas, carreiras, pessoas, etc. Na realidade, não nos falta nada para sermos felizes, mas se pensarmos que a felicidade é dada por objecto ou uma condição que temos, ou seja “ter” em vez de “ser”. Quando nos sentimos no topo: eu tenho tudo, tenho o que quero, ninguém me pode deitar abaixo, sinto-me inabalável. E as vezes chegamos ao ponto de questionar a nossa vida, muitas vezes quando contemos um problema de saúde e o dinheiro já não nos serve, entramos num processo de sofrimento, começamos uma procura ao Deus que muito usamos como nosso “caixa de primeiros socorros”. E as vezes é ai que nos damos conta que precisamos muito mais de Deus para sermos felizes, do que outra qualquer coisa. Infelizmente, é ai que nos damos conta do Deus do amor. Quando necessitamos dele. É como começar a chover e se não tivermos um guarda-chuva que nos proteja, molhamo-nos. Espero que Deus entre nos nossos corações e implante o seu amor.

  4. miná ( Famalicão) permalink
    Março 15, 2010 23:16

    Também a mim me apetece dizer e sentir muitas vezes: Senhor aumenta a minha fé que eu incessantemente procuro: na natureza, nas pessoas, e em mim própria, sem Ti eu vacilo e caio…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: