Skip to content

16 de Março

Março 16, 2010

João 5, 1-3.5-16: Levanta-te, pega no teu catre e anda

Jesus diz estas palavras ao paralítico que encontrou na sinagoga mas também a ti. Jesus pergunta-te se queres ser curado. Se queres desbloquear o coração (até antes as pernas). Para que possas voltar a correr. A viver com entusiasmo. Com fidelidade ao Evangelho. Pega no teu catre. Pega em todas as resistências que te afastam do Senhor. Os teus medos, a indiferença, tudo o que paralisa o teu coração e a tua mente. E anda!

Senhor, dá-me a coragem de enfrentar os medos que me paralisam. Que o teu amor e a tua bondade desbloqueiem o meu coração. E eu possa correr ao encontro dos outros para os amar e servir.

Anúncios
5 comentários leave one →
  1. Março 16, 2010 01:31

    Esta oração exprime sinceramente e sintetiza perfeitamente toda a minha forma de pensar.
    Levanta-te e anda. Não vale a pena ficar caído. É preciso aceitar as coisas como elas são. Ficar a lamentar, e a desejar que sejam diferentes, não contribui para isso. Tantos medos que paralisam. Tantos corações paralisados pelas mágoas. Tantos rostos sem vida. Tanta culpabilidade infundada. Tanto medo do incerto. Uma casa constrói-se tijolo a tijolo, um de cada vez. Na viagem da vida, não interessa apenas a meta final, mas o percurso é fundamental.
    A nossa história é irrepetível. As nossas experiências são únicas. Não podemos comparar-nos com os outros. Ter modelos, sim. Mas precisamos aprender a interiorizar, fazer nossos, e fazer caminho, sem queimar etapas, saboreando cada conquista, sem se perder na ânsia do que se perde ou do que virá.

    Senhor, que eu saiba olhar para os meus medos, como uma fonte de inspiração, e menos como um obstáculo. Que eu saiba saborear as vitórias, e aprenda com as falhas. Que eu não fique paralisado diante dos obstáculos, dos receios, dos erros, e das vitórias.

  2. Fátima Fontes permalink
    Março 16, 2010 03:43

    Quem olha para trás perde a Luta e morre,quem olha para frente ganha a vitória e conquista o que deseja, não adianta chorar ao ver a destruição, pois o choro tira a força e SEM força não conseguimos lutar, Deus manda somente os fortes para luta.
    Com o olhar para a frente e a força do Senhor tenho certeza que a vitória chegará. Pois quanta maior a luta, maior a vitória. senhor preciso da sua força,
    preciso da tua energia, preciso da tua coragem,
    preciso da sua fé.
    Não deixa a chama apagar não desvies o teu coração dos meus caminhos.
    Estarei sempre contigo Preciso do seu amor. A tua presença faz a diferença no meu dia-a-dia e me faz feliz

  3. miná ( Famalicão) permalink
    Março 16, 2010 13:54

    É isso, Senhor, ajuda-me a deixar os meus medos, que me tornam infeliz e de braços caídos; sei que não resolvo nada com esta atitude, mas faltam-me as forças!
    Choro ao pensar nisto, também não resolvo nada, mas ao menos fico menos angustiada.
    Tem sido muito bom estas reflexões, mas há que erguer a cabeça e caminhar em frente; eu sei disso, mas tantas vezes não sou capaz; conto sempre contigo, Jesus

  4. Luís Carlos permalink
    Março 17, 2010 00:37

    Na minha opinião, temos que saber lidar com o medo, ou seja sobretudo saber ate onde conseguimos ir, por exemplo há pessoas que dizem: eu nunca irei a um determinado ponto do mundo porque têm medo de viajar de avião, ou de barco. Penso que as pessoas que não viajam, nunca puderam dizer que têm medo porque não tiveram a experiência. Porque não arriscaram e nunca poderiam saber realmente se tinham medo. A vida é agora, são todos os momentos que nos são proporcionados, quanto mais nos afastamos, menos vivemos e se não vivermos agora? Quando viveremos e aproveitamos a vida? Quantas portas deixamos de abrir pelo medo de arriscar? Quantas vezes perdemos a liberdade e nos deixamos morrer por dentro, apenas por sentirmos medo de abrir a porta aos nossos sonhos? Conheço muitas pessoas que tiveram acidentes e ficaram de cadeiras de rodas, e conseguiram ultrapassar as dificuldades é uma verdadeira vitoria. E nos também conseguiremos passar o obstáculos, temos é que querer, deixar interiorizar a vontade para conseguir ter força. Senhor, ajuda-nos a enfrentar os nossos medos.
    Obrigado por estas reflexões, foi realmente uma ideia brilhante.

  5. Março 17, 2010 01:08

    Num circo havia um elefante preso a uma corda relativamente frágil, presa numa estaca. O elefante não fugia. Esticava a corda até ao limite, mas não ia mais. Bastava um esticão, e a estaca soltava-se. Porque será que ele não foge?
    Interrogou o tratador que lhe diz: provavelmente porque esta estaca, quando o elefante era pequeno, era suficiente para o prender. Nessa altura, ele tentava soltar-se mas não conseguia. E aprendeu a pensar que nunca conseguiria. E desistiu. Agora, com um pequeno gesto ele arrancava a estava, ele pensa que não consegue, porque se habituou a pensar dessa forma.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: