Skip to content

Re-ler… contemplar… saborear….

Abril 8, 2010

Olá a todos. Hoje não vou escrever nada de novo. Estou concentrado a reflectir para um retiro de casais no próximo fim de semana. O blogue está parado, podem pensar alguns. Pode não haver entradas. Aproveitem a ocasião para relerem algumas entradas anteriores, os comentários, e reflictam no vosso caminho, se houve alteração na vossa forma de pensar a vida, na forma de olharem para vocês mesmos, no relacionamento com Deus, na forma de agir, seja pessoalmente, em sociedade e em igreja, concretamente, no fazer catequese.

Aproveitemos para saborear a vida, a contemplar as maravilhas que Deus opera em nós continuamente. Evitemos andar sempre a correr, e apreciemos o caminho percorrido. Desta forma, viveremos de forma consciente, com espírito crítico, aprendemos a olhar para a vida e para as situações de diferente perspectivas.

5 comentários leave one →
  1. Luís Carlos permalink
    Abril 8, 2010 00:51

    Penso que um bom caminho para a nossa forma de pensar na vida seria se conseguíssemos tirar um bocadinho do nosso dia para pensar na nossa vida, seria muito mais fácil, pensar e reflectir, e claro com a ajuda do nosso partilhar podemos conseguir isso mais facilmente…

  2. Manuel permalink
    Abril 8, 2010 16:20

    Obrigado!
    Este meu agradecimento é dirigido ao Padre José Sá, à Fátima Fontes, à Miná.
    Agradeço-vos pela vossa exteriorização. Pelas meditações que partilharam e que me obrigaram a “olhar” para mim. Foram importantes e confesso que estou contente. Afinal não sou assim tão mau como me pintava. rsrsrs

    Mas esta caminhada na quaresma não se afigurou fácil.
    Foram várias as “balas” que atingiram os homens da igreja e da qual a igreja, no seu todo, e sem se saber como ou porquê, se amedrontou, refugiando-se, … fugindo.
    Faltou frontalidade, clarividência, responsabilidade.
    Faltam ainda as respostas aos porquês dos vários silêncios desses senhores e que, como disse e muito bem D. Policarpo, envergonharam a igreja, os católicos, os cristãos.

    Saibamos, ao menos, todos nós, separar o trigo do joio.

    Mas foi necessário sossegar o meu estado de alma para reflectir no que “ouvia” de vós.
    Parei e silenciei o tempo para vos poder “escutar”.

    E foi bom, foi muito bom!

  3. Miná permalink
    Abril 8, 2010 23:31

    Eu não resisto a provocações como nos foram dirigidas neste espaço e nesta quaresma e exponho a minha opinião , que vale pelo que vale…Também eu estou contente pela «caminhada» , que fui fazendo sempre muito apoiada nas reflexões que o Padre Zé Carlos propunha; coincidência ou não, tenho por hábito de vez em quando reler os artigos e os respectivos comentários e vou continuar a fazer!Até sempre amigos

  4. Manuel permalink
    Abril 9, 2010 09:57

    Senhor, eu sei que estás surpreso por eu vir até Ti. Sei que as nossas conversas nunca foram de papel e lápis, mas hoje não consigo sequer ordenar os meus pensamentos.
    Só tu sabes o que eu sinto neste momento, mas às vezes esqueço-me de medir as palavras e elas saem sem o sentido que eu lhes queria dar.
    Ontem magoei quem mais me tem apoiado nesta caminhada difícil que a minha vida leva há um ano a esta parte.
    Ajuda-me Senhor, a encontrar as palavras certas para me redimir, para poder encontrar de volta o sorriso e o perdão de quem magoei… e de Ti.

  5. Fátima Fontes permalink
    Maio 4, 2010 09:47

    OBRIGADO, pelos momentos maravilhosos que me tens dado.
    Agradeço-Te, também, pelos momentos menos felizes, porque com eles aprendi a lição de os superar e continuar com a mesma fé o meu caminho.

    Sem esses momentos de alguma inquietação que sabor teriam os momentos de felicidade, se não tivesse aprendido o valor das diferenças?
    E, depois, lembro isto:
    Que valor teriam os dias de sol, se não houvessem dias de chuva, e a escuridão da noite e se não houvessem as madrugadas?
    E a alegria se não houvesse a dor?

    Por isso, Senhor, obrigado!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: