Skip to content

3º domingo de Páscoa

Abril 18, 2010

Tens uma certa fé. Consegues arrumar Deus no meio das tuas rotinas. Mas és capaz de confiar n’Ele? De aceitar que Ele te diga para onde lançar as redes? Não se trata de obedecer como a um patrão, tirânico. Trata-se de aprender a confiar n’Ele. De sentir que as propostas de Deus são as que mais felicidade e alegria trazem à tua vida.

Eu bem sei quais são os meus limites. Mas contigo, Senhor, a vida sabe bem de novo, a pesca torna-se possível, o amor volta a aquecer o coração. confiando em ti.

Esta terceira semana da Páscoa é um bom tempo para treinar a confiança em Deus. A deixar que Ele seja central na tua vida. Para que ele faça crescer em ti as tuas melhores qualidades. E ao confiares em Deus, tornas-te capaz de relações mais saudáveis com os outros.

3 comentários leave one →
  1. Fátima Fontes permalink
    Abril 18, 2010 08:54

    Sim, Consigo ter Deus presente no meio das minhas rotinas. Porque eu confio, n’Ele, eu sei que não faço o que quero, mas também sei que faço o que é melhor para mim, não se trata de obedecer, mas sim seguir o que Jesus nos ensinou, eu confio, eu quero tentar seguir o que Jesus nos ensinou, por isso nos ensinou tudo de bom que temos hoje, Deus esta comigo sempre que faço o que é bom para todos. E como eu sei disso? Escutando meu coração e sentindo uma felicidade interior que ninguém mais pode sentir, mas pode ver o meu rosto e minhas atitudes e ai estará a diferença. É uma paz, um bem estar muito grande e isso diz-me que sim é bom seguir Jesus e confiar n’Ele,e deixar que ele me guie mesmo não fazendo o que eu quero sou muito feliz.

  2. Abril 18, 2010 14:09

    Jesus pergunta, a cada um de nós: “Tu amas-me?” “Em qualquer situação, ou só quando te apetece? E quando estás doente, continuas a amar-me?”
    Jesus perguntou 3 vezes a Pedro. Três vezes Pedro O negou. E Jesus confia novamente. Não quer uma resposta pronta e fácil. Quer uma resposta convicta, clara, reflectida, consciente. Esta resposta deve envolver a nossa mente, sentida no coração, e vivida em gestos concretos.

  3. Miná permalink
    Abril 19, 2010 11:35

    _Miná, tu amas-me?
    _Sim senhor, eu amo-Te!, diria sem hesitar…;pensando bem, eu também ficaria confusa como ficou Pedro!
    É extraordinário o amor de Deus por cada um de nós;pergunto-me se sempre fui capaz de corresponder do mesmo modo ao seu amor

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: