Skip to content

Caminha…

Junho 2, 2011
tags:

O caminho é longo! É preciso chegar até ao fim…

O caminho é pedregoso! É preciso desviar das pedras, quebrar as rochas e seguir avante…

É  preciso ter coragem, correr riscos, enfrentar o perigo e ser constante…

O caminho não está feito! É preciso construí-lo  todos os dias, arrancando espinhos, derrubando barreiras, aterrando vales…

O caminho às vezes escurece. É preciso estar prevenido, não deixar nunca a lâmpada sem azeite, estar pronto para tudo o que acontece.

Às vezes chove, faz frio e o vento sopra e incomoda. é preciso um abrigo.

Às vezes o caminho é solitário. É preciso um amigo.

Às vezes o sol queima, a sede devora. É preciso uma sombra, uma fonte onde a gente se revigore.

Às vezes toda a perspectiva de um caminho desaparece. É preciso um esperança profunda, sem limites. Uma esperança que nunca desvanece.

A certeza de Alguém falou e a sua palavra nunca falha. Certeza que não estamos sós nesta jornada, mas somos um povo a construir a sua estrada rumo ao mesmo fim. Onde a promessa se cumprirá plenamente. Onde não haverá mais chuva, nem frio, nem trevas.

Tu que andas pelo caminho, percorre-o até ao fim. Constrói esse caminho no dia-a-dia, não em terra de areia mas em chão firme.

Caminha sempre. Não importa que haja quedas. Importa sempre começar de novo. Eis o lema do cristão: caminhante, não ha caminho. Faz-se caminho ao andar…

(P. Abel Maia)

5 comentários leave one →
  1. Fátima Fontes permalink
    Junho 3, 2011 00:53

    Quantas vezes, sorrimos, carregados de dor? Quantas dúvidas? Tantas incertezas! Os nossos sonhos, nos enganam, e muita desilusão pelo meio, sei que o caminho tem pedras que temos que as tirar mas também sei, que sou fraca e me perco pelo caminho, que não me leva a lado nenhum, por vezes fala -me o íntimo da consciência, reparo que isso me acontece muitas vezes e faço o que me diz a consciência, E então percebo que não sou ouvida do outro lado, talvez me tenha enganado talvez não seja assim tão…tento ser o mais verdadeira possível para comigo e para com os outros, tento fazer o meu caminha caminhando, todos os dias. Olho para o céu e vejo que nem sempre o sol brilha, mas com uma certeza! Amanha brilhara, espero por esse brilho que me ilumina e me guia, sem ele não saberia viver, agora quero dizer que sempre caminharei para ti Jesus que me amas e me acompanhas quando estou menos bem que é o caso, sei que estas aqui comigo.
    Belo texto, fez despertar em mim uma vontade de falar.

  2. Manuel permalink
    Junho 5, 2011 00:02

    Não vão faltar pedras na caminhada de cada um até ao fim da vida.
    São essas pedras, esses problemas que aparecem, uns atrás dos outros, que nos vão fazer crescer. O problema é que muitas vezes não sabemos como os resolver e sentimo-nos perdidos, sozinhos.
    São esses momentos de perda, de isolamento, que a simples presença de um amigo nos pode ajudar a encarar o problema de uma maneira diferente, e fazer-nos perceber que afinal a pedra não é um obstáculo mas tão só uma aprendizagem, um crescimento, uma dádiva de Deus.

    Li em tempos (não me lembro de momento o autor) que na cabeça deveríamos ter o problema, na boca o sorriso, no coração a paz e que nas mãos de Deus iríamos fazer a caminhada, uma caminhada diferente, uma caminhada para a vida.

  3. Junho 5, 2011 12:37

    Que lindas reflexões.
    Mas se todos temos consciência que o caminho é, por vezes, muito difícil, temos de nos preparar para a caminhada. No início, corremos o risco de levarmos muita carga, que consideramos essencial e podemos descurar outras mais essenciais, mas no início menos valorizada. Com a fadiga do caminho, talvez o que no início foi considerado importante, agora não servirá de muito, e um cantil de água fará toda a diferença.
    Diz o povo que se vais para o mar avia-te em terra. Saiba cada um encher-se dos elementos que farão a diferença na caminhada, que nos farão refrescar, que nos levem a não desanimar, que nos dêem coragem de continuar a caminhada, mesmo se feridos e a rastejar. Pior que isso, é ficar na berma a lamentar a vida.

  4. Junho 6, 2011 22:37

    Eu no meu trabalho tinha um lema para comigo mesma, fazer em primeiro lugar a tarefa mais dificil pois a facil é mais rapido de realizar. À um ano atrás resolvi mudar de emprego sem ter nada em vista resolvi arriscar e consegui. Mas tudo isto foi porque acreditei e acredito que Deus caminha comigo e posso dizer com toda a confiança que eu senti que a Nossa Senhora
    me dizia que era a hora de arriscar,pois estariam do meu lado para me ajudar. Muitas vezes ficamos presos ao caminho confotavel que temos e com medo de arriscar perdemos a beleza de viver.

  5. Miná permalink
    Junho 7, 2011 22:44

    «O caminho, faz-se caminhando», frase conhecida e mt repetida, mas de facto assim é! Nunca é tarde para começar um novo caminhar; falo por experiência própria…e depois há sempre «um bom samaritano» que aparece ao nosso lado e nos ajuda a tirar as pedras do caminho, a dar a sua mão para nos ajudar a levantar das quedas do desânimo, do cansaço, do medo, dos nossos preconceitos, das angústias, por vezes infundadas, etc, etc,Para aqueles que receiam rasgar novos caminhos de felicidade, vai o meu encorajamento; « Eu estarei sempre convosco…» diz o Senhor; não tenhais medo, afirma Ele, por isso …

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: