Skip to content

A Encarnação de Deus

Dezembro 25, 2012
tags:
Fazemos da força a nossa força
e desumanamo-nos dias a fio!
Porque o fio da espada
não leva o fio da História,
a trama em que nos tramamos
não tece o acontecimento da nossa Salvação.
Até que um Deus vestido de frágil,
dança entre nós uma força nova,
toda leveza e humanidade,
entrançada com os farrapos de todos os pobres
e tingida com o sangue de todas as vítimas.
Um Deus novo,
mais Humano que nós,
fraco aprendiz das divindades
que nós teimamos em lhe ensinar!
Um Deus de meninice
que nos vem cair no colo
porque sabe que o lugar da carícia
é o caminho mais directo para nos chegar ao coração.
Um Deus que quer ir para o Céu,
– o além da Sua crença –
que é o nosso coração;
o nosso acolhimento,
que é a Sua Salvação;
a nossa amizade,
que é o Seu Paraíso.
Um Deus mendigo,
de olhos pedintes,
de fala certeira
como sempre acertam as crianças:
“Hoje tenho de ficar em tua casa!”
 Rui Santiago cssr
(in http://derrotarmontanhas.blogspot.pt/2012/12/a-encarnacao-e-deus-que-quer-ir-para-o.html)
One Comment leave one →
  1. Teixeira permalink
    Setembro 21, 2016 21:52

    Amém

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: